Horário na Nova Zelândia: 0000-00-00 00:00

Trabalho na Nova Zelândia

Frequentemente ouvimos perguntas sobre trabalhos na Nova Zelândia, desde o processo de encontrar um emprego a obter um visto de trabalho no país.

  • “É realmente possível encontrar um emprego na Nova Zelândia após a conclusão do curso?”
  • “É fácil encontrar um emprego part-time?”
  • “Qual nível de salário posso esperar, será suficiente para viver e conseguir uma residência no país?”

Honestamente, ninguém, em nenhum lugar, nunca pode garantir-lhe um emprego.
Mesmo em seu país de origem, para pessoas sem experiência em uma área específica, não é fácil encontrar um emprego. Além disso, se você estiver em um país onde um idioma não é seu idioma principal, a dificuldade e concorrência com pessoas locais são mais um obstáculo e você deve estar ciente de todas as possíveis dificuldades. No entanto, como mostra nossa experiência, tudo é possível e por isso vamos te passar todas as informações e dicas que coletamos.

Esperamos que te ajude de alguma maneira 🙂

Obtenção de visto de trabalho

Para ter o direito de trabalhar na Nova Zelândia, você obrigatóriamente deve ter um visto com permissão para trabalho, um visto de trabalho, residência ou cidadania.
Com um desses vistos você terá a chance de receber uma oferta de trabalho e um contrato na Nova Zelândia. Receber uma oferta de emprego remotamente ( estando em outro lugar que não seja no país) infelizmente é mais difícil e muito improvável. Por esta razão, a maioria das pessoas decidem estudar na Nova Zelândia com direito a trabalhar no país e vão em busca de uma oferta de trabalho. Nesse caso, mesmo os trabalhos de meio período, ou casuais, durante o tempo do curso, ajudará não apenas no orçamento, mas também na busca de um emprego permanente no futuro.

Existem algumas regras especiais para a obtenção de um vistos de trabalho após a conclusão de cursos profissionais na Nova Zelândia. Se você tem estudado por 2 anos ou mais para Diplomas dos níveis 4 a 6, ou 1 ano ou mais para programas no nível 7 e superiores, então após a conclusão você receberá um Visto de Trabalho Pós-Estudo (Post Study Work Visa Open) por um período de mais 1 ano. Se neste ano de visto de trabalho pós-estudos, você encontar um emprego relacionado com a educação que recebeu você poderá obter um Visto de Trabalho Pós-Estudo Suportado pelo Empregador (Post Study Work Visa Employer Assisted) por mais 2 anos , ou 3 anos em alguns casos.

O próximo passo depois de obter uma oferta e o visto de trabalho é a residência.
A Imigração da Nova Zelândia anunciou algumas mudanças em Agosto de 2017, relacionadas ao limite mínimo de salário exigido para obter residência. Agora, para se candidatar a residência, além de uma oferta de trabalho você precisarpa ganhar o mínimo estipulado para as ocupações listadas na ANZSCO. Para algumas especialidades, especialmente na área de hospitalidade, esta mudança no salário tornou a situação um pouco mais difícil, mas ainda assim é uma tarefa factível. Leia mais sobre as últimas alterações (Dez/2017) no site oficial da imigração.

Como encontrar emprego na Nova Zelândia?

A maneira mais comum de encontrar um emprego é se cadastrar e monitorar as vagas os trabalhos em sites como:

  • trademe.co.nz e seek.co.nz – são os sites mais populares do país para procura de emprego.
  • workhere.co.nz e workingin-newzealand.com – sites para candidatos estrangeiros. Os empregadores que publicam vagas nesses sites geralmente estão muito familiarizados com o processo de contratação de um especialista estrangeiro.
  • nz.gradconnection.com – é um excelente recurso para procura de emprego, se você acabou de se formar e não tem muita experiência de trabalho.
  • sjs.co.nz – aqui você encontrará diversos anúncios de emprego para estudantes (vagas part-time) 
  • Grupos do Facebook – Algumas pessoas costumam postar anúncios de vagas e recomendações nos diversos grupos do facebook.

Além dessas opções você também pode entrar em contato diretamente com empresas de recrutamento. Há um grande número deles na Nova Zelândia e os serviços para os candidatos são gratuitos. No site da Careers New Zealand, você encontrará uma lista detalhada de tais agências. Você pode se cadastrar em mais de uma empresa, no entanto, deve-se ter em mente que o empregador pode achar estranho se vários agentes representarem você para uma mesma vaga. O mercado de trabalho na Nova Zelândia é pequeno e é importante lembrar quem você contatou sobre o trabalho, quando e o que exatamente foi dito.

Como conseguir uma oferta de trabalho?

Como em qualquer caso, o mais difícil é começar, isto é, encontrar o primeiro emprego. Não havendo experiência local e sem saber as particularidades das empresas neozelandesas, é possível perder boas vagas. Portanto, aconselhamos que você simplesmente comece em algum trabalho, mesmo que ele seja menor do que suas pretenções ou não seja exatamente na sua área e em paralelo continue procurando o trabalho do seu sonho. Isso se aplica a profissionais de todas as áreas, sem exceção. Não limite sua pesquisa apenas à sua especialização. Pense em todas as suas habilidades e alguns conhecimentos universais que podem ser úteis em diferentes esferas e pesquise diferente tipos de vagas.

Não tenha medo de um trabalho pouco ou menos qualificado. O empregador na Nova Zelândia não vai deixar de te contratar porque você, um engenheiro, trabalhou meio periodo em um restaurante ou em um canteiro de obras, pelo contrário – os empregadores aqui vêem neste tipo de situação a iniciativa e o trabalho árduo. Essas qualidades são valorizadas em qualquer campo. E já em paralelo com esse trabalho, você pode continuar a procurar por algo mais desejável e próximo a sua especialidade.

Outra grande vantagem para o seu currículo será as experiências em voluntáriado. Os neozelandeses realmente apreciam a ajuda à comunidade, seja na participação de limpeza de um campo, a caminhada com cães de um abrigo ou um trabalho não remunerado no centro de coleta de roupas usadas. Além de acrescentar em seu currículo, você fará novas amizades e ganhará uma valiosa experiência, bem como recomendações que serão muito úteis para os próximos empregos.

trabalhar durante os estudos não útil apenas em termos de finanças, ou na busca subsequente de um trabalho permanente, mas também em termos de psicologia e adaptação ao país. Você se sentirá muito mais confortável se souber que ganha pelo menos alguma coisa para ajudar nas suas depesas, e irá se familiarizar com as particularidades do mercado de trabalho no país.

Veja outros sites para de trabalho na Nova Zelândia, caso você já tenha concluído o seu curso e procura por um trabalho em sua área:

  • New Kiwis em Auckland (criado pela Câmara de Comércio de Auckland e parceria com a Imigração da Nova Zelândia) – para pessoas com um visto de trabalho ou de residente
  • Work Ready em Wellington – vagas para pessoas com visto de  trabalho ou residentes

Ao longo dos anos de experiência no mercado educacional da Nova Zelândia, a equipe da Kiwi Education concorda que os empregadores da Nova Zelândia analisam os dados de um candidato na seguinte ordem:

  • Visto
    Este é o primeiro ponto de corte na ánalise de um candidato. A maioria dos empregadores não quer ter que se preocupar com as condições do visto para seus funcionários. Geralmente procuram por pessoas que já possuam o direito a trabalhar no país e oferecem auxílio na aplicação do visto para pessoas altamente especializadas.
  • Experiência local e referências
    Especificamente para a Nova Zelândia, existe um ponto muito importante sobre recomendações de empregadores locais. Os empregadores, na maioria das vezes, procuram por profissionais que já estão adaptados ao ambiente local, que já tenham passado pelo período de adaptação e estão prontos para trabalhar. Portanto, recomendamos sempre aos nossos estudantes que procurem por oportunidades de emprego mesmos nas áreas que exigem menos qualificações para entrar no mercado de trabalho, ou até mesmo atividades voluntárias durante a duração dos estudos. Isso ajudará não apenas a adaptação do estudante ao ambiente de trabalho local, mas também a ter referências profissionais que poderão ser consultadas para uma posição permanente no futuro.
  • Habilidades profissionais 
    Os empregadores procuram pro profissionais que tenham certas habilidades claras e específicas. Possuir as habilidades desejadas para uma vaga e exibi-las de de maneira correta no currículo ajudará o empregador a selecionar o candidato para uma entrevista.
  • Experiência de trabalho em empresas multinacionais
    É claro que as qualificações e a experiência profissional adquiridas em seu país de origem te ajudarão a desempenhar um papel positivo na busca de um novo emprego, porém uma experiência de trabalho em empresas multinacionais e conhecidas em todo o mundo, poderá ser um ponto positivo para você estar na frente de outros candidatos.
  • Perfil pessoal
    Na Nova Zelândia mais de 80% das empresas, mesmo as multinacionais, são empresas de no máximo 10 funcionários. Isso faz com que o ambiente de trabalho seja mais informal e com que todos os funcionários tenham alguma ligação entre si. A grande maioria dos empregadores, nestes casos, preferem contratar pessoas com quem as opiniões e estilo de vida serão de acordo com os demais do grupo. Por isso, não é incomum ver alguns alguns requisitos pessoais e de personalidade listados nas vagas de trabalho. É sempre muito importante se atentar a este detalhe e entender qual o posicionamento da empresa, além de todos os critérios da vaga, para pode se candidatar a ela.
  • Prestigio das Instituições de ensino
    Talvez um empregado ou outro dê preferência aos diplomas de instituições mais apreciadas na Nova Zelândia e/ou no mundo. Porém este critério, geralmente, é avaliado após todos os outros listados anteriormente. Ao mesmo tempo, nos campos acadêmicos, científicos, médicos, e alguns outros que sejam bem específicos, o prestígio da educação pode desempenhar um papel muito mais importante.

Salários na Nova Zelândia

Existem diferentes fontes de informações referente a salários na Nova Zelândia e que podem variar significantivamente. Encontramos aqui os dados mais próximos da realidade, em nossa opinião:

Graduados de programas de um ano do 7º nível e acima ganham em média NZD46.680  no primeiro ano, com um aumento para NZD59.000 em 5 anos.

Os salários mais altos do ano de 2017, de acordo com o site Careers, seguiram para os profissionais da área de TI em vagas como:

  • Information architects (IT) $135,000
  • Data warehousing and Business Intelligence (IT) $115,000
  • Cybersecurity specialists $105,000

Comparação dos salários por tipo de diploma e profissão

É claro que os salários podem variar muito dependendo da especialidade, do nível de habilidades e experiência disponíveis, além da capacidade de se apresentar corretamente e de alguns outros fatores.

Estatísticas de emprego

Agora vamos olhar para a probabilidade de encontrar um emprego com o salário certo.

Dados gerais sobre desemprego na Nova Zelândia
Oficialmente na Nova Zelândia,a taxa de desemprego é bastante baixa – menos de 6%, esse número está entre os dez melhores do mundo. Ao mesmo tempo, mais de 21% dos desempregados são pessoas com idades entre os 15 e os 19 anos e outros 10% estão entre os 20 aos 24 anos de idade. Além disso, a maioria dos desempregados está entre os cidadãos maoris (que recebem auxílio do governo) e também do Pacífico, enquanto o desemprego entre os europeus é inferior a 4,5% e entre os cidadãos asiáticos é inferior a 7%.
Estatísticas mais detalhadas podem ser encontradas no site oficial.

Dados gerais sobre graduados
Volumes de dados e informações sobre emprego e salários de graduados são bastante grandes. Nós chamamos a atenção para o fato de que existem diferentes razões para cidadãoes de diferentes países do mundo para obter educação na Nova Zelândia, fato que afeta as estatísticas de maneira geral. Por exemplo, cidadãos norte-americanos geralmente vêm por seis meses ou um ano para intercâmbio ou curso profissionalizante e não têm intenção de permanecer no país,assim como os cidadãos de muitos países asiáticos que vêm à Nova Zelândia exclusivamente para educação, enquanto a tarefa de cidadãos de muitos outros países é de encontrar trabalho e se equadrar no perfil de imigração.

Dados de retorno após a conclusão do curso
Dados básicos sobre diplomados estrangeiros
A taxa de retorno e saída da Nova Zelândia para os estudantes internacionais após a graduação é de 49% após 5 anos de graduação. Outros 59% retorno somente após 8 anos de graduação. A taxa de partida no primeiro ano após a conclusão para jovens estudantes internacionais que concluem uma qualificação de pós-graduação é de 37%. Zelândia.
Fonte para dados oficiais

Dados sobre graduados locais
No primeiro ano após a conclusão de um bacharelado de três anos no 7º nível, cerca de 37% dos graduados continuam seus estudos e cerca de 57% estão empregados. No primeiro ano após o final dos programas anuais de nível 7 ou superior, cerca de 13% dos diplomados continuam a sua educação e cerca de 82% dos diplomados encontram trabalho.
Fonte para dados oficiais

Dados baseado na pesquisa realizada com estudantes da Kiwi Education
Ao longo dos anos, percebemos que nossos alunos estão acima da média dos estudantes estrangeiros, um pouco mais próximos do indicador para os estudantes locais. De acordo com uma pesquisa da Kiwi Education, cerca de 95% dos nossos formandos permanecem na Nova Zelândia, com 60% deles empregados com sucesso, 25%, seguiram para educação continuada, 6% continuam a procurar trabalho em seu primeiro ano após a graduação. Nós tentaremos conduzir essas pesquisas regularmente para observar as tendências. No momento, estamos coletando novos dados reais, que  compartilharemos com vocês assim que possível.

Links úteis para a procura de emprego na Nova Zelândia

Gostaríamos de enfatizar que tentamos ao máximo ajudar nossos clientes com acesso a todas as informações necessárias. Nossa tarefa é encontrar as melhores opções na Nova Zelândia para vocês.
Para algumas pessoas o processo pode parecer mais difícil e para outros um pouco mais fácil. Em todo caso, os maiores fatores de sucesso na busca por um emprego ou no processo de imigração estão em suas mãos. A experiência da maioria dos nossos alunos diz que pessoas que tem intenções verdadeiras, estão alcançando seus objetivos. De qualquer maneira, nós não queremos dar falsas esperanças, o processo de imigração não é fácil. Mas nós temos certeza que com planejamento e foco as chances do sucesso são factíveis.

Veja mais alguns links importantes em nosso site :

 

Tentamos coletar para você um máximo de informações úteis e importantes sobre como viver com sucesso na Nova Zelândia.

Desejamos sucesso a todos !

 

Preencha o nosso questionário para avaliar gratuitamente as suas possibilidades e uma seleção de opções na Nova Zelândia, e entre em contato com a Kiwi Education para todas as perguntas.

ENVIE SUA APLICAÇÃO PARA SELEÇÃO GRATUITA DE CURSOS NA NZ

Talvez você esteja interessado em:

22 February 2018

Clima e Geografia da Nova Zelândia

Clima e Geografia da Nova Zelândia A Nova Zelândia é uma pais localizado no sudoeste do Oceano Pacífico, e considerado...

3 January 2018

Por que Nova Zelândia?

Vida na Nova Zelândia Entenda porque a Nova Zelândia é o melhor lugar para você realizar o seu intercâmbio, trabalhar...

3 January 2018

Custo de Vida

CUSTO DE VIDA NA NOVA ZELÂNDIA Se você está planejando fazer um intercâmbio ou imigrar para a Nova Zelândia, saber...