Horário na Nova Zelândia: 0000-00-00 00:00
Compartilhar

O SISTEMA DE TRANSPORTE NA NOVA ZELÂNDIA

Transporte público

Com tantas coisas para fazer e lugares para visitar, escolher como se locomover pela pela Nova Zelândia é tão importante quanto escolher para aonde você quer ir.
O sistema de transporte público pode ser classificado e diferenciado entre as cidades maiores – como Auckland, Wellington, Christchurch – das cidades menores. Isso porque nas cidades menores é possível se locomover por todo o centro e arredores a pé ou de bicicleta sem maiores problemas. Nas cidades maiores, no entanto, os ônibus são a principal forma de transporte público.

Auckland, por exemplo, ainda que o transporte público esteja em constante expansão para cobrir toda a extensão da cidade, a rede de transportes atende uma demanda de mais de 1.5 milhões de pessoas diariamente.
Os horários dos ônibus e trens estão sempre disponíveis para consultas nos próprios pontos de ônibus, no site oficial e até mesmo no aplicativo, e geralmente são cumpridos a risca. 
As tarifas são cobradas por zonas, sendo que quanto mais longe, maior o valor da passagem. Entretanto, quando há grandes eventos, como jogos de rugby ou shows, o transporte gratuito é frequentemente providenciado aos residentes.  

A rede de ônibus na cidade de Christchurch é ampla e operada somente por uma única empresa de transporte, a Metro.
Também é tarifada por zonas e distância do percurso, sendo que quanto mais longo o deslocamento, mais cara a tarifa. Além dos ônibus, é comum os moradores se deslocarem pelos bairros e atrações da região utilizando bicicletas. 

Em Wellington, a empresa Metlink oferece uma rede de ônibus que atende 2.800 pontos dentro de 108 rotas diferentes.
Além dos ônibus, em Wellington também é utilizado o Ferry como uma opção que liga a região central a outros bairros mais afastados, e até mesmo faz a ligação entre as duas Ilhas do país, a Ilha Norte e a Ilha Sul. Considerada uma das atrações mais bonitas do país, a travessia pelo Estreito de Cook,  dura aproximadamente 3,5hs e pode ser feita com o carro, bicicletas ou mesmo a pé.  As duas principais empresas que realizam a travessia são a InterIslander  e a Bluebridge, com tarifas a partir de NZ$ 55 para pedestres. 

Ainda na cidade de Wellington, uma rede ferroviária é composta por cinco linha diferentes e famoso Cable Car, símbolo da cidade.
O teleférico circula entre Lambton Quay, a principal rua comercial no centro da cidade, e o topo do Jardim Botânico em Kelburn, onde há uma vista para a cidade e para o porto. A viagem de ida leva aproximadamente 5 minutos e os horários podem ser consultados através do site da MetroLink.

Na região de Queenstown você consegue ir para qualquer lugar por apenas NZD$ 2 com o cartão GoCards, além de obter a transferência gratuita no período de 30 minutos com o mesmo cartão. Você também pode pagar sua passagem com dinheiro, no entanto, a tarifa em dinheiro fica NZD$5 por viagem para um adulto e NZD$ 4 para uma criança. Você pode obter um GoCards direto com o motorista do ônibus, no aeroporto de Queenstown ou nos pontos de venda por apenas NZD$ 5 e a recarga mínima para GoCards é de NZD$ 10.

Um fato interessante para todas as cidades é que a maioria dos ônibus e ferries oferecem um suporte externo pra transportar as bicicletas.

Embora não seja um meio de transporte público, os ônibus hop-on hop-off também são uma maneira popular de se deslocar pela Nova Zelândia, especialmente para os viajantes. 
As empresas turísticas de ônibus com paradas fixas oferecem passes para viagens ilimitadas e podem levá-lo entre cidades para os principais destinos da Nova Zelândia com bastante eficiência. A empresas Intercity oferece alguns trajetos com tarifas a partir de NZ$1.

Formas de pagamentos e valores das viagens

Para pagar as tarifas dos transportes em Auckland você pode utilizar dinheiro ou o AT HOP card. Quando utilizado, o AT HOP card oferece descontos nas tarifas chegando a 20% a 25% do preço normal. Além disso, o usuário consegue economizar ainda mais com passes diários ou mensais. Crianças menores de 5 anos não pagam pelas tarifas, e após os 5 anos, sendo estudantes, recebem um desconto adicional chegando a até 45% de desconto do valor normal. 

O estudante quando chega em Auckland pode comprar o AT HOP card em diversos pontos de vendas pela cidade, ou online através do site do Auckland Transport. O valor do cartão é de NZD$ 10 e você deve colocar o mínimo de NZD$ 5 para poder ativá-lo imediatamente.
Para pagar a sua viagem com o cartão, você só precisa encostar o seu cartão em uma das leitoras na entrada dos ônibus, estação de trem, ou pier (caso você utilize o ferry) e repetir o procedimento assim que deixar o meio de transporte para poder computar a sua saída.

No centro da cidade existem rotas de ônibus que cruzam o centro da cidade, chamados de “CityLink” e são da cor vermelha; os ônibus que fazem a rota ao redor do centro de Auckland e pelos principais barros, chamados de “InnerLink” e são da cor verde; e também a rota do “OuterLink”, da cor amarela, que é a maneira mais fácil de contornar os subúrbios de Auckland. As tarifas destas rotas começam a partir de NZD$ 1. Todas as informações de horário e mapas podem ser encontradas no site oficial do Auckland Transport.

Apesar de ser a principal e maior cidade da Nova Zelândia, a maioria das rotas de ônibus em Auckland não são 24 horas. Apenas uma linha especial é liberada na madrugada de Sábado e Domingo justamente para atender as pessoas que ficam até mais tarde em bares, festas e restaurantes. Veja mais sobre as rotas do Night bus no site oficial.

Em Christchurch, além de dinheiro, o Metrocard é utilizado para pagamento no transporte público. O cartão também oferece um programa de descontos de pelo menos 25% de desconto no preço da tarifa. O valor do cartão é de NZD$ 10 e o mínimo para ativá-lo é de NZD$ 10. O cartão pode ser carregado online, pessoalmente no ponto do Bus Interchange ou diretamente com o motorista quando você embarca no ônibus. O Metrocard pode ser encontrado em diversos pontos de vendas, até mesmo na biblioteca e para comprar o cartão é necessário apresentar um documento de identidade válido. 
No site oficial da Metro você consegue planejar sua viagem e conferir as rotas de ônibus disponíveis e horários de embarques e chegadas.

Bicicletas

As bicicletas são um meio de transporte bem comum utilizado pelos moradores da Nova Zelândia desde sua infância, pois eles estão acostumados a ir para o colégio de bicicleta ou patinetes, já que pela regra as crianças estudam sempre em escolas dentro de seu bairro.

É bem comum encontrar pessoas utilizando bicicletas para ir ao trabalho, pois em praticamente todas as cidades os  restaurantes, shoppings e parques sempre tem estacionamento para as bikes. Então corrente e cadeado são aconselháveis para que você possa deixá-la estacionada tranquilamente.

As bicicletas são consideradas veículos e podem trafegar nas ruas e tem a faixa de ônibus liberada. O uso do capacete como proteção é obrigatório e sinalizar quando vai trocar de faixa é mais do que necessário. 

 

www.richardleonardphotography.com

Taxis e Ubers

Os Taxis e Ubers são um meio de transporte um pouco mais caros porém muito eficientes. Eles estão disponíveis por toda a cidade e geralmente atendem prontamente as chamadas.
São utilizados principalmente a noite por aqueles que querem aproveitar para ir a festas e bares e poderem beber bebidas alcoólicas.
Uma corrida do Aeroporto até ao centro de Auckland custa em média NZD$ 60.  

Alugar carros, Campervans ou motorhomes

Para viagens em grupo ou até mesmo em casal, uma excelente opção é o aluguel de carros particulares. Com paisagens de tirar o folego e tarifas diárias de menos de NZD$ 50 por dia, o aluguel de carros é a maneira ideal de conhecer o país. 
Para alugar o carro não existem muitas burocracias e a carteira de motorista internacional ou uma tradução juramentada da carta de motorista, que é válida por até 1 ano da data de entrada no país, precisa ser apresentada. Na maioria dos casos, quanto maior for o tempo do aluguel, mas barata será a taxa diária e existem diversas locadores de automóveis que promovem descontos e até mesmo ofertas de realocação de carros com valores vantajosos, como NZD$ 1  por dia. 
Ao alugar um carro ou motorhome você terá a flexibilidade de mudar seu itinerário enquanto estiver viajando e a liberdade de explorar lugares afastados das rotas turísticas tradicionais. Diferente do Brasil, o trânsito é de mão inglesa, porém com estradas excelentes e sinalização por todo o país, é muito simples viajar pela Nova Zelândia.

Uma viagem de motorhome é um passeio clássico e “MUST DO”  para que visita a Nova Zelândia. 

 

*Fato curioso:
Existe uma regra de etiqueta nos ônibus que a maioria dos passageiros agradecem os motoristas de ônibus ao final da viagem. Por isso, não esqueça de dizer “Thank you, Driver” ao desembarcar! 

Esperamos que este artigo seja útil para suas consultas!
Bon Voyage!

Talvez você esteja interessado em

22 February 2018

Clima e Geografia da Nova Zelândia

Clima e Geografia da Nova Zelândia A Nova Zelândia é uma pais localizado no sudoeste do Oceano Pacífico, e considerado...

3 January 2018

Por que Nova Zelândia ?

A vida na Nova Zelândia. Entenda porque a Nova Zelândia é o melhor lugar para estudar, trabalhar e viver. ESTILO...

3 January 2018

Custo de Vida

CUSTO DE VIDA NA NOVA ZELÂNDIA A Nova Zelândia é um país economicamente desenvolvido e, portanto, não é um dos...