Horário na Nova Zelândia: 0000-00-00 00:00
BR
Compartilhar

Benefício entra em vigor a partir de 1.º de dezembro. Saiba mais.

 

O governo da Nova Zelândia anunciou na última sexta-feira (20) que a partir de 1.º de dezembro, pessoas com visto de trabalho temporário, visto de estudante ou de visitante que não podem voltar para casa e/ou se sustentar podem ser elegíveis a receber um “Benefício de Emergência” do Ministério de Desenvolvimento Social e Emprego

Anteriormente, os portadores de vistos temporários em dificuldades devido à COVID-19 tinham o apoio de um programa temporário ministrado por Te Tari Taiwhenua, Departamento de Assuntos Internos e Cruz Vermelha da Nova Zelândia.

Carmel Sepuloni, Membro do Parlamento da Nova Zelândia, disse que o programa da Cruz Vermelha, que começou em 1.º de julho, apoiou mais de 12 300 pessoas, ajudando com necessidades básicas como alimentação e acomodação.

“Com o fim deste programa em 30 de novembro, queremos garantir que as pessoas elegíveis e mais necessitadas continuem a receber apoio para suas necessidades básicas enquanto tentam voltar para casa o mais rápido possível, caso não consigam encontrar um emprego adequado.”

“Embora as perspectivas de emprego e a frequência dos voos internacionais tenham melhorado muito desde que saímos do bloqueio, algumas pessoas com vistos temporários ainda não podem retornar ao seu país de origem e estão passando por dificuldades devido à perda de empregos, doenças ou outros eventos imprevistos,” afirma Sepuloni.

“Solicitei ao Ministério de Desenvolvimento Social que apoiasse as pessoas nesta situação com um Benefício de Emergência por um período limitado até 28 de fevereiro de 2021.

Os portadores de visto temporário com Benefício de Emergência devem procurar ativamente trabalho ou outras formas de se sustentar, incluindo voltar para casa quando puderem.

“Eu pedi para conectar pessoas com oportunidades de emprego temporário adequadas com um foco particular em locais onde há escassez de mão de obra, incluindo trabalho sazonal, sempre que possível.” ressalta a parlamentar.

Para se inscrever, as pessoas precisam visitar setor de Trabalho e Renda no escritório do Ministério de Desenvolvimento Social mais próximo e marcar uma consulta pessoalmente.

 

Outras informações

Pessoas que não são residentes ou cidadãos da Nova Zelândia geralmente não têm direito a um benefício, ou outros pagamentos do Ministério de Desenvolvimento Social, no entanto, durante uma epidemia, o Ministro do Desenvolvimento Social pode permitir que o governo conceda o Benefício de Emergência a pessoas que normalmente não têm direito a ele.

De 1.º de julho a 18 de novembro de 2020, 12 321 pessoas foram apoiadas pelo programa da Cruz Vermelha/DIA.

 

Para se qualificar para a este novo benefício, um portador de visto temporário precisa:

  • ter visto temporário atual da Nova Zelândia, como visto de visitante, estudante ou de trabalho, e não um visto patrocinado
  • estar em dificuldades financeiras sem nenhum outro meio de sustento (além de fundos para comprar um voo de volta para casa)
  • estar tomando todas as medidas razoáveis ​​para encontrar outros meios de apoio, incluindo trabalho, assistência consular, apoio de família, amigos e organizações na Nova Zelândia ou no exterior, ou providenciar o retorno para casa em voos comerciais, ou de repatriação assim que puderem
  • uma conta bancária da Nova Zelândia e número da Receita Federal
  •  passaporte
  • A elegibilidade também dependerá da renda e dos bens da pessoa.

Talvez você esteja interessado em

15 January 2019

Morar e estudar em Invercargill

Invercargill Invercargill é uma cidade pequena e acolhedora, que fica no extremo Sul da Ilha Sul da Nova Zelândia. A...

3 January 2019

Custo de Vida

CUSTO DE VIDA NA NOVA ZELÂNDIA Se você está planejando fazer um intercâmbio ou imigrar, saber qual é a média...

3 January 2019

Por que Nova Zelândia?

Vida na Nova Zelândia Entenda porque a Nova Zelândia é o melhor lugar para você realizar o seu intercâmbio, trabalhar...