Horário na Nova Zelândia: 0000-00-00 00:00
BR

A Anna Laura é uma brasileira que morou 20 anos Japão com sua família. Ela nos mostrou o quanto guerreira (no sentido literal também) uma pessoa com 21 anos de idade pode ser. Sua história nos inspira e motiva a sempre arriscarmos e não ficar parado no mesmo lugar.

Trabalhando em dois empregos no Japão,  a Anninha resolveu fazer intercâmbio e contou com a ajuda da Kiwi Education neste processo. Confira o depoimento:


“Olá, Meu nome é Anna Laura e tenho 21 anos; nasci no interior de São Paulo e fui morar no Japão quando tinha apenas 1 ano de idade.

Eu estava pensando em fazer intercâmbio porque queria melhorar meu inglês. Desde novinha, pratico esporte e muitas vezes, pessoas que falavam inglês iam na minha academia. Então pensei: “vou aprender inglês para conseguir ter mais oportunidades no esporte que é o meu foco!”

Terminei a escola e fui trabalhar em um restaurante, só que não ganhava bem; resolvi então ir trabalhar em  fábrica, já que o salário seria mais alto e também teria uma rotina mais certa. Pouco tempo antes de vir para cá, eu estava trabalhando em dois empregos: de manhã na fábrica e depois no McDonalds. Meus finais de semana eram para descansar e se desse, ficar na cama! Chegou um momento que me estressou!

Foi então que decidi vir para a Nova Zelândia. Entrei em contato com algumas pessoas que conhecia que já estavam aqui e foi assim que eu encontrei a Kiwi Education. O processo demorou em torno de 3 a 4 meses,  foi muito rápido! A Kiwi enviou-me diversas opções de escola e indicaram a Worldwide. O que mais me chamou atenção foi a localização, no centro de Auckland! Eu também buscava uma escola que tivesse um preço bom e uma variedade grande de estrangeiros. 

Eu achava que a minha adaptação aqui seria mais difícil pois teria que morar sozinha, cozinhar, fazer tudo por mim mesma; pensei que ia sentir mais medo, mais receio. Mas no final, encarei tão bem que não senti nenhuma dificuldade. Estou muito feliz comigo mesma, agora eu penso: hoje eu sou capaz de qualquer coisa!

Sobre minha escola, antes de começar as aulas eles fazem um teste para avaliar seu nível de inglês. Entrei no pré-intermediário. Em seis meses de curso progredi muito rápido, passei por diversos níveis e terminei  fazendo aulas para o IELTS.

Recomendo totalmente essa escola, fiz poucos amigos, mas os poucos que fiz, ainda hoje me mandam mensagem! Os professores sempre me trataram muito bem, sempre me ajudaram e me corrigiam (especialmente a professora Fernanda).  A biblioteca da escola é muito interessante, tem todos os tipos de livros, áudio-books, etc. 

Sobre moradia, eu optei por ficar em um hostel, pois não queria ficar em uma homestay. A Kiwi Education procurou um lugar para mim e fiquei no Hostel City Lodge, uns 30 minutos andando da minha escola. Fica bem no centro de Auckland, com vários parques e muitas coisas legais no caminho. Achei este hostel muito bom, tinha cozinha, mesa de bilhar e eu convidava até o pessoal da minha escola para jogar lá comigo, foi muito legal. Na minha última semana encontrei no Facebook um apartamento que tinha piscina, academia e acabei me mudando. Decidi  dividir o quarto com uma outra pessoa para reduzir os custos.

Quanto à trabalho, logo que me mudei comecei a procurar e utilizei o Facebook para buscar vagas. A Kiwi Education me ajudou neste processo também! Indicaram uma vaga na qual consegui meu primeiro emprego aqui!  Trabalhei como garçonete, foi super tranquilo e as pessoas são muito bacanas!

Ao final do meu curso, senti que evolui, que minha vida não é mais a mesma! O ser humano foi feito para descobrir coisas então porque ficar a vida toda parado mesmo lugar? Sempre fui muito tímida, mas isso não me impediu de me arriscar, eu não queria ficar parada! Se eu escutasse a voz do medo na cabeça, não teria ido para frente. No final, você tem que ser feliz com você mesmo, com a sua companhia!

Hoje estou mais focada nos meus objetivos, aprendi a me virar sozinha, antigamente eu tinha medo, cogitava em desistir e colocava muitos empecilhos na minha cabeça. Agora sei que eu posso, não sinto medo de tentar, fiquei  feliz que mudei muito, confio mais em mim e não sinto mais medo de tentar.

Minha dica é: não tenha medo! Tenha medo de ficar estagnado na vida, isso é a pior coisa! É muito bom quando você olha para trás e vê tudo que você passou e depois e percebe como ficou forte.  Me sinto como o HULK agora!”

Sobre o trabalho da Kiwi Education

“Eu conheci a Kiwi por indicação, falaram que era muito boa e que iam me ajudar muito. E realmente tudo o que foi me prometido foi verdade! Em todas as dificuldades ou dúvidas eu sempre tive dicas e suporte. Dificuldade em relação à documentos por exemplo, sempre tive o retorno rapidinho. O processo de visto foi muito rápido, nunca me deixaram na mão. Me senti muito acolhida! Quando cheguei, me buscaram no aeroporto; no dia seguinte fizeram um city tour, me explicaram tudo, principalmente em relação à celular,  transporte e todos os detalhes da cidade. Eu sabia que qualquer coisa, se eu mandasse mensagem eu teria uma resposta!

Super recomendo a Kiwi! Comentei com as pessoas da minha sala como a Kiwi se preocupava comigo e as pessoas falavam que parecia que você estava com uma família aqui, você tem muito suporte, muita ajuda! Eles ficavam encantados com tudo que eu contava!  

Outra coisa bacana que paguei tudo direto para a escola, eu não paguei nenhuma taxa, nem para me buscar no aeroporto! Eu não paguei nada a mais por nenhum serviço. A Kiwi é ótima, se você pretende vir para a Nova Zelândia, recomendo com certeza! A Kiwi nunca vai te deixar na mão e você vai ter uma família aqui na NZ! Amigos gente que você precisa do seu lado!

Gostaria também de fazer alguns comentários quanto ao tema  ESPORTE aqui na Nova Zelândia:

Se alguém pratica esporte, pode vir para a NZ tranquilamente, pois aqui é muito forte. Treino em uma academia onde Israel e Caio, famosos lutadores de UFC, treinam também.

Os treinos são puxados como em qualquer lugar. No Japão eu treinava capoeira e jiu-jitsu e aqui continuei a treinar também todos os dias. Passo em torno de 3 a 4 horas na academia, me sinto em casa, fiz amizades com diversas pessoas e fui conhecendo um pouquinho de Auckland por causa deles!

Recomendo a Nova Zelândia, recomendo Auckland,  aqui o pessoal é muito receptivo, as pessoas são uns amores. Fiz muita amizade com muitos Maoris e com pessoas de todos os lugares do mundo!”